Região

Há três anos, escola de Nova Prata desenvolve projeto de Educação Fiscal

Com o objetivo de trabalhar o conceito e a prática global da cidadania das crianças e jovens, bem como a função social do tributo e dos benefícios públicos na aplicação de seus recursos, além de conscientizar os futuros cidadãos para a importância de uma relação de pertencimento e participação ativa na perpetuação e preservação do bem público, as escolas da rede municipal de Ensino Fundamental passaram a desenvolver projetos de Educação Fiscal a partir de 2017.

Os projetos foram incentivados por meio de uma iniciativa das Secretarias Municipais de Educação e de Finanças e Desenvolvimento Econômico. Contou também com o apoio e incentivo do Grupo Municipal de Educação Fiscal de Nova Prata.

Desde 2018, a Escola Municipal Guerino Somavilla desenvolve atividades voltadas à Educação Fiscal entre os estudantes dos anos finais de Ensino Fundamental. O projeto foi desenvolvido inicialmente com as turmas do 8º ano pelas professoras Adriana Guidolin Pocai, Dilva Zardo e Griziane Schimanoski.

O trabalho contemplou estudos sobre os tributos, análise de percentuais de impostos pagos em produtos e mercadorias, atividade de Patrulha Fiscal que abordou cidadãos em frente a estabelecimentos comerciais com questionamentos sobre nota fiscal e inclusão do CPF na nota, conversa com representantes dos Poderes Legislativo e Executivo sobre arrecadação municipal e gestão de recursos e a criação de um curta-metragem intitulado “O Poder dos Impostos” – escrito, gravado e editado pelos próprios alunos e que pode ser acessado em https://www.youtube.com/watch?v=SsPjxIA2LXE.

No ano de 2019, os alunos do 8º ano, orientados pelas professoras Adriana Guidolin Pocai, Dilva Zardo, Marcélia Marini e Rafaela Pasolini, realizaram ações como a exploração de textos e vídeos sobre os tipos de impostos e sua destinação, entrevistas, diálogos e palestras com a direção da escola e os poderes Executivo e Legislativo.

Também foi desenvolvida a atividade da Patrulha Fiscal nos bairros Santa Cruz e Centro. Os alunos ainda criaram um gibi sobre o assunto, continuando a história do curta-metragem do ano anterior que foi entregue nas demais turmas da escola. Depois, passaram nas demais turmas da própria escola para aplicar uma atividade de Educação Fiscal.

No ano de 2020, devido à pandemia e a implantação das aulas remotas, o tema da educação fiscal foi abordado de forma transversal entre as disciplinas do currículo, sempre abrindo caminho para a discussão por meio da conscientização cidadã da importância dos impostos para a manutenção dos serviços públicos essenciais para a sociedade. Inúmeras atividades estão planejadas para acontecerem ao longo do ano de 2021 na escola, dando continuidade ao projeto que produz bons resultados no campo da atuação social.

Os projetos de Educação Fiscal contam com o apoio e a cooperação do Grupo Municipal de Educação Fiscal em parceria com Secretaria Municipal de Educação e de Finanças e Desenvolvimento Econômico e o apoio de entidades de classe, como a CIC, a CDL, o Sindilojas e a Associação dos Contadores de Nova Prata – ACONT.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios