Notícias

Empresas de transporte e viagens turísticas de Veranópolis sofrem consideráveis prejuízos por conta da pandemia

A crise provocada pela pandemia de Coronavírus atingiu todos os segmentos, mesmo que de formas diferentes. Um exemplo claro é o setor de transportes escolares e de empresas, bem como, de viagens de turismo. Esses, por sua vez, foram consideravelmente afetados, pois, com a diminuição da circulação das pessoas, o fechamento de locais como as escolas e o declínio da prática turística, os serviços da classe acabam sendo pouco procurados. Além disso, está sendo constatado um grande “tabu” e receio da sociedade em usar meios de transporte coletivo.

Todas essas percepções citadas, ademais, são feitas pelos próprios profissionais da área, que relatam os diversos problemas. A reportagem da Studio entrou em contato com todas as empresas deste setor, presentes em Veranópolis e, diante dos retornos, constatou que, após sete meses de pandemia, a crise na área ainda segue forte.

Em um balanço geral, empresas que realizam, junto a suas demais atividades, transportes de funcionários de empresas, possuem o cenário mais “confortável”. Estes ficaram apenas de 20 a 30 dias totalmente parados. Entretanto, são poucas as empresas que se encaixam neste contexto e, mesmo para os que se encaixam, o trabalho ainda encontra-se reduzido.

O cenário mais crítico encontra-se em empresas que fazem transporte escolar e/ou viagens com fins turísticos. A maioria dos empreendimentos entrevistadas e que encontram-se neste grupo, afirmam estar parados desde março. Assim sendo, as dificuldades são imensas, pois, são mais de sete meses sem nenhuma renda.

– em 25 anos que trabalho no ramo, nunca tinha passado por algo tão difícil – afirma um dos proprietários.

A pandemia mudou, abruptamente, um cenário muito favorável para este setor. Com as aulas acontecendo e com o setor do turismo crescendo, o início de 2020 apresentava um ano muito lucrativo pela frente. Uma empresa afirmou que estava com toda a agenda deste ano lotada quando apareceu o vírus que mudou todo o contexto.

Em relação a empregos, como a maioria das empresas em Veranópolis são familiares, a demissão não ocorreu de forma considerável. Além disso, nenhuma empresa, até o momento, fechou as portas.

Agora, um aceno de volta está sendo observado. Viagens com cunho turístico estão começando a retornar, mesmo que de forma tímida, entretanto, o setor ainda possui um período de retomada difícil pela frente.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios