You dont have javascript enabled! Please enable it!

Política

Bolsonaro venceria Lula, Moro e Doria em 2022, diz pesquisa

(Brasília - DF, 15/05/2020) Presidente Jair Bolsonaro e a primeira dama durante Lançamento da Campanha de Conscientização e Enfrentamento à Violência Doméstica.Foto: Marcos Corrêa/PR

Segundo o Portal CNN, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seria reeleito para um segundo mandato, se as eleições presidenciais fossem realizadas hoje. É o que aponta a pesquisa Exame/Ideia divulgada nesta sexta-feira (9).

Em uma disputa de primeiro turno, Bolsonaro teria 30% das intenções de voto, contra 18% do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e 10% do ex-ministro da Justiça Sergio Moro (sem partido). A pesquisa mostra ainda Ciro Gomes (PDT), com 9%, Luciano Huck (sem partido), com 5%, e João Doria (PSDB), com 4%.

A pesquisa também aponta Luiz Henrique Mandetta (DEM) com 3%, Marina Silva (Rede) com 2%, João Amoedo (Novo) com 1%, e Flávio Dino (PCdoB) com 1%. Brancos e nulos somam 9%. Os que “não sabem” são 10%.

Em uma projeção de segundo turno, Bolsonaro venceria Moro com 41% dos votos contra 35% do ex-ministro. Contra Lula, Bolsonaro teria 43%, contra 33% do petista. Em uma disputa contra Doria, a vantagem do Bolsonaro seria ainda maior: 42% das intenções de voto contra 21%.

A pesquisa ouviu 1.200 pessoas, por telefone, em todas as regiões do país entre os dias 5 e 8 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Bolsonaro também venceria em todos os cenários ao analisar os votos por escolaridade e região. O presidente teria maior vantagem entre os eleitores com ensino fundamental (37%). Por região, a maior margem seria no Norte (38%), seguido por Centro-Oeste (35%) e no Nordeste (31%).

O presidente também seria reeleito ao considerar o critério de renda. A maior vantagem está entre os eleitores da classe C, em que 31% disseram que votariam nele. Nas classes A e B o presidente teria 27% das intenções de voto. Já entre os mais pobres, das classes D e E, 24%.

📰 Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então faça parte de nosso grupo. Caso queira receber nossas notícias no Telegram, assine nosso canal.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido