You dont have javascript enabled! Please enable it!

Notícias

Ministério do Turismo autoriza plano de ação elaborado por Veranópolis para a aplicação dos recursos previstos na Lei Aldir Blanc

O Ministério do Turismo autorizou o plano de ação elaborado por Veranópolis para a aplicação dos recursos previstos na Lei Federal n° 14.017, a Lei Aldir Blanc. Veranópolis foi contemplada no segundo lote de pagamentos e receberá R$204.854,29 para ações emergenciais destinadas ao setor cultural na cidade, conforme previsto no Decreto Presidencial n° 10.464, de 2020.

De acordo com o plano de ação proposto pela Secretaria de Turismo e Cultura, em parceria com Conselho de Políticas Culturais e do Patrimônio Histórico e Cultural, R$154.854,29 serão para o subsídio de espaços culturais e artísticos. Para seleção desses espaços, será elaborado um edital de chamada onde deverão ser feitas as solicitações. Já o valor de R$50.000,00 será utilizado para a publicação de editais de fomento à cultura, como forma de movimentar artistas e grupos que estão com as atividades paradas ou reduzidas.

Os critérios para seleção desses espaços referente ao inciso II e editais referentes ao inciso III estão descriminados por meio de decreto municipal que pode ser acessado no site www.veranopolis.rs.gov.br.

Conforme o pré cadastro aberto em julho, foram identificados 40 espaços culturais pessoas jurídica e 49 trabalhadores da cultura pessoa física. Esses espaços deverão pleitear o recebimento do recurso através de processo administrativo, cujo detalhamento será definido em breve, por meio de chamada pública. Os valores a serem pagos serão de R$3.000,00 a R$10.000,00, podendo ser pagas em até três parcelas, dependendo da disponibilidade de recursos financeiros e de acordo com o número de solicitações recebidas.

Segundo o calendário divulgado pelo Ministério do Turismo, o recurso deverá ser repassado ao município até o dia 26 de setembro. A Secretaria de Turismo e Cultura de Veranópolis está no aguardo do recebimento dos valores, para fazer a divulgação do chamamento público e dos editais de fomento à cultura.

ATENÇÃO! Quer continuar receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte do novo grupo. Os grupos antigos deixaram de funcionar devido a uma atualização do WhatsApp.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido