You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral Studio Sports

Fiasco – Goiás 1×0 Internacional (Campeonato Brasileiro – 10ª Rodada)

Eu confesso que o título da matéria seria “derrota previsível”, mas fui impedido pelo chefe maior do Studio Sports, já que foi a manchete do jogo contra o Fluminense (também feita por esse que vos escreve).

Seria o título certo pra quem conhece o time. Não é de hoje que esse tipo de derrota acontece. No ano passado contra esse mesmo Goiás, tomou a virada jogando com um a mais. Uma semana atrás perdia pontos contra o Bahia, e é por essas que o campeonato de pontos corridos fica sempre distante. A equipe que almeja título não pode perder pontos para os times da zona de rebaixamento.

Na minha humilde opinião, tem alguns jogadores acomodados que merecem dá uma segurada, casos de Lomba, Cuesta, Edenilson…às vezes um chá de banco faz bem.

Vai uma bola por gol no jogo e o Lomba aceita. Sabemos da qualidade do Edenilson, mas não pode jogar só no nome.

Imagens Sport Club Internacional, divulgação

Outra coisa que deve ser dita: O time do Inter é comum, perdeu Paolo Guerrero, que talvez fosse a maior referencia, embora o Galhardo esteja jogando muito. Só que o grupo é normal, alguns bons jogadores, mas nada mais que isso. A campanha ainda é muito boa sim, Chacho faz o possível com o que tem em mãos. Pra mim, não dá pra exigir mais que isso com as peças que tem.

O problema maior é que tem jogo atrás de jogo, é Brasileirão, Copa Libertadores e Copa do Brasil, não tem folga. Haja grupo pra aguentar as três competições.Talvez o Atlético-MG seja quem leva vantagem daqui pra frente, por ter bom grupo, treinador e somente disputar uma competição.

Lembrando que nesta quarta-feira (16) tem Libertadores contra o América De Cali e com o time bastante desfalcado.

Veremos o que vem pela frente…

COMO JOGARAM:

Marcelo Lomba – Vai uma bola no gol por jogo e ele toma – 2,0

Rodinei – Ruim de coque samurai – 2,0

Pedro Henrique – Boa promessa – 2,0

Cuesta – Um ataque do Goiás e um gol – 2,0

Moisés – Ruim sem coque samurai – 2,0

Musto – Mais do mesmo – 2,0

Edenilson – “Nhaca”, se esconde do jogo – 2,0

Praxedes – Não fez boa partida – 2,0

Marcos Guilherme – sem nota

D’Alessandro – Se jogar no lugar, ainda funciona – 2,0

Abel Hernández – Bola 1 x 0 Abel – 0,0

Rodrigo Lindoso – Entrou e não mudou nada – 2,0

Thiago Galhardo – Dessa vez não colaborou – 2,0

Boschilia – Único que correu – 2,0

Rodrigo Moledo – Sem tempo de avaliação – sem nota

Leandro Fernández – Pouco tempo – 2,0

Chacho – Faz o que pode com o time que tem em mãos – 5,0

DÉ BADALOTTI

ATENÇÃO! Quer continuar receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte do novo grupo. Os grupos antigos deixaram de funcionar devido a uma atualização do WhatsApp.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido