You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral

Defesa Civil reúne técnicos para analisar os efeitos do La Niña no Estado

Na quarta-feira (16/9), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Estado reuniu a equipe técnica da Sala de Situação da Sema e os Coordenadores Regionais para avaliar as condições climáticas previstas para os próximos três meses no Rio Grande do Sul. A iniciativa visa a elaboração de estratégicas e medidas para mitigar os efeitos desta condição meteorológica.  

Segundo a meteorologista da Sala de Situação da Sema, Cátia Valente, o modelo disponibilizado pelo International Research Institute for Climate Prediction (IRI) indica que “estamos entrando em um período de La Niña capaz de modificar a distribuição de calor, concentração de chuvas e formação de estiagem ao longo dos próximos meses”.

No Brasil, o La Niña provoca estiagem principalmente na região Sul. A principal característica do fenômeno é o resfriamento da superfície das águas do Oceano Pacífico. “A primavera deverá ser marcada por períodos de chuvas irregulares e abaixo da média, probabilidade de tempo seco com temperaturas elevadas”, ressaltou Cátia.

Técnicos da Sala de Situação da Sema e Defesa Civil RS.
Técnicos da Sala de Situação da Sema e Defesa Civil RS. – Foto: Defesa Civil RS

Conforme o hidrólogo, Lucas Giacomelli, “as chuvas dos últimos meses possibilitou a recuperação das bacias na metade norte e a reposição hídrica dos reservatórios subterrâneas”. A região Sul do Estado, segue na situação de atenção em função dos baixos volumes de chuvas registrados. 

ATENÇÃO! Quer continuar receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte do novo grupo. Os grupos antigos deixaram de funcionar devido a uma atualização do WhatsApp.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido