Geral

Vídeo | Família é salva após caminhão ser arrastado pela correnteza em rio no RS

A forte correnteza do Rio Erechim, na divisa dos municípios de Jacutinga com Ponte Preta, por muito pouco não provocou uma tragédia na tarde deste sábado. Um morador de Campinas do Sul, que pretendia passar o final de semana com a esposa e os três filhos na casa de um amigo em Ponte Preta, resolveu encurtar o caminho e seguir por uma pequena estrada, que estava encoberta pela água que passa por sobre uma pequena ponte.

O pequeno caminhão não venceu a força da água. Pouco distante do local, sem acreditar na atitude do motorista, alguns jovens acompanhavam a façanha e imediatamente foram em busca de socorro em moradores das proximidades, principalmente de um trator para amarrar ao caminhão enquanto outro acionava o Corpo de Bombeiros de Jacutinga e Erechim.

Os bombeiros voluntários de Jacutinga agiram rápido e evitaram que a água continuasse levando o caminhão. Prenderam o caminhão com cabo e com a chegada dos bombeiros de Erechim, com barco, uniram conhecimentos e determinação, iniciando de imediato o resgate.

As imagens de toda a operação foram feitas pelo erechinense Aldecir Vicensi, que passa o final de semana na casa de familiares, próximo do local.

Os bombeiros conseguiram prender o caminhão e com o uso de um barco fizeram o resgate das três crianças e do casal. Com calma e conhecimento, resgataram todos com grande margem de segurança.

A cada remoção de vítimas, os bombeiros recebiam o aplauso de um grupo de pessoas que acompanhou a operação de resgate.

De outro ângulo, veja o vídeo que mostra quando o caminhão entra no rio Erechim e a correnteza o arrasta no momento está sobre a ponte coberta pela água. As imagens foram gravadas por Marcelo Kuhn e enviadas ao Auonline.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios