You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral

Entram em vigor as mudanças nos pedágios da Freeway

Desde a madrugada deste sábado (15), o atual pedágio da Freeway em Gravataí, no quilômetro 77, foi desativado, e a cobrança da tarifa passa a acontecer na nova praça, localizada no quilômetro 60 da rodovia. Ao mesmo tempo, em Santo Antônio da Patrulha, no quilômetro 19, a tarifa de R$ 9,20, que até então era paga somente no sentido litoral, será reduzida pela metade (R$ 4,60) e cobrada também em direção a Porto Alegre.

Segundo a CCR ViaSul, que administra a Freeway, para que as alterações em ambos os locais transcorram da melhor maneira, em Gravataí, até as 23h59min desta sexta-feira (14), o pagamento da tarifa segue na praça atual. Dessa forma, quem passar pela praça nova, no quilômetro 60, até esse horário, não será cobrado. À 0h deste sábado, a tarifa passa a ser paga somente na nova praça.

A concessionária destaca que o usuário que passar pelo pedágio do quilômetro 77 em direção ao do quilômetro 60 nesse intervalo de tempo não pagará a tarifa novamente. Basta apresentar o comprovante do pagamento feito na praça do quilômetro 77, e a passagem pela nova praça será liberada. Equipes orientarão os usuários nesse processo de transição para que a passagem nos dois pontos seja feita sem problemas.

Já no pedágio de Santo Antônio da Patrulha, até as 23h59min desta sexta, segue a cobrança da tarifa apenas no sentido litoral, com o valor atual de R$ 9,20.

A mudança da praça de Gravataí é uma reivindicação antiga de moradores do município da Região Metropolitana de Porto Alegre. Ela também beneficiará a população de cidades como Viamão e Alvorada, que se deslocam diariamente para Porto Alegre.

ATENÇÃO! Quer continuar receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte do novo grupo. Os grupos antigos deixaram de funcionar devido a uma atualização do WhatsApp.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido