Geral

Detran suspende impressão do documento do veículo, mas tarifa de expedição segue sendo cobrada, informa CRVA

O documento na cor verde de porte obrigatório para circulação de veículos não será mais impresso pelo RS, como anunciado há meses. Em seu lugar o proprietário do veículo vai imprimir em casa o documento em papel branco comum ou baixar no celular. Mas como essa mudança está sendo encartada pelos CRVAS?

Em entrevista a Rádio Uirapuru a coordenadora do CRVA de Passo Fundo, Cristiane Favareto, explicou que, de acordo com a resolução 788 do Contran, a partir de hoje não será mais impresso o documento do veículo. Com isso, o documento passa a ser extinto.

O condutor do veículo deverá portar o documento na forma digital ou então impresso em papel A4 comum. A impressão do documento custa em média R$ 90,00. E uma das dúvidas mais recorrentes é se o condutor irá economizar esse valor, já que não será mais impresso o documento.

Cristiane contou que até o momento o Detran não informou nada a respeito. Informou que a taxa de licenciamento é definida por lei estadual e se houver alguma alteração deve ser votada uma nova lei.

Então, por hora, segue a tarifa da expedição até que seja publicada uma nova lei determinando o contrário. Cristiane explicou que a aceitação do publico em geral pela CNH digital foi boa.

A ideia, segundo ela, é que a no futuro não se tenha mais documentos impressos e sim documento eletrônico.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios