You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral

Amturvales divulga nota sobre cuidados necessários para visitação à Ferrovia do Trigo em Vespasiano Corrêa, Dois Lajeados, Muçum e Guaporé

Tendo em vista o grande número de visitantes, especialmente aos finais de semana, à Ferrovia do Trigo, nos municípios de Vespasiano Corrêa, Dois Lajeados, Muçum e Guaporé, a Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), divulga a seguinte nota:

– A Amturvales entende que a região que compreende os viadutos, túneis, pontes e trilhos, ao longo da Ferrovia do Trigo, é um local de beleza exuberante e única Rio Grande do Sul. A entidade também se sente gratificada pela vontade de pessoas, de diferentes regiões do Estado, interessarem-se por conhecer o local. No entanto, algumas normas precisam ser observadas, pois esta é uma área federal constantemente monitorada. É proibida a circulação de pessoas e veículos não autorizados, bem como a prática de qualquer atividade, como esportes e turismo de aventura, na linha férrea ou próximo dela, não autorizada expressamente pela Rumo Logística e pela Agência Nacional de Transportes Terrestes (ANTT). O infrator estará sujeito às sansões cabíveis, inclusive criminais, nos termos do artigo 260, IV. do Código Penal Brasileiro, tendo como pena reclusão, de dois a cinco anos, e multa.

– O turismo desordenado coloca em risco a segurança das pessoas, especialmente em período de pandemia, quando os protocolos de saúde recomendam atitudes como usar máscara, observar o distanciamento social e evitar aglomerações. Sabemos que todo mundo está com vontade de sair e aproveitar os belos pontos turísticos do nosso Vale do Taquari. Mas é preciso ter calma. Mesmo ao ar livre, ainda não é momento para termos concentração de pessoas e aglomerações. Cuide da sua saúde!

– A Amturvales reforça que os turistas são a razão de ser da entidade. É pensando neles que são desenvolvidos projetos e eventos, são formatadas rotas e roteiros, são feitas melhorias de pontos turísticos e estimulados empreendimentos no setor. A associação quer que todos os visitantes se sintam acolhidos no Vale do Taquari, levem boas lembranças da região e queiram retornar. No entanto, a entidade espera que os turistas compreendam.

Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido