You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral

Novo episódio de chuvas começa nas próximas horas no RS e antecede onda de frio no Uruguai e RS

Segundo a Sigma Meteorologia, depois de mais um dia com baixas temperaturas no estado (com registro de -1,7°C em Soledade) e com predomínio do sol, o final de semana será marcado pelo retorno da instabilidade e por pancadas de chuva em quase todas as regiões. O retorno das chuvas é sinônimo de preocupação, já que ao longo desta semana, um episódio de chuvas volumosas e intensas afetou muitos municípios do norte, noroeste e nordeste do RS, incluindo a região da Capital, que é exatamente as regiões do estado que mais uma vez, devem concentrar os maiores volumes de chuva, potencializando as cheias e enchentes de arroios, rios e córregos que já estão cheios e que são responsáveis por desalojar muitas famílias pelo estado.

➡️ A aproximação de uma nova frente fria pela costa do Rio Grande do Sul e a atuação de um cavado (sistema alongado de baixa pressão) no interior do continente, somados ao direcionamento de ar mais quente e úmido pelo JBN (Jato de Baixos Níveis), devem contribuir para a formação de nuvens de maior desenvolvimento vertical, que provocarão pancadas de chuva já nas próximas horas e principalmente a partir da madrugada em diferentes áreas do estado, especialmente na Fronteira com o Uruguai, Sul do estado, Fronteira Oeste, noroeste, região central e nordeste do RS, incluindo a Capital, Bagé, Pelotas, Rio Grande, Uruguaiana, Santa Maria e São Borja. Ao longo do dia, as instabilidades alcançam outras regiões, incluindo Santa Rosa, Cruz Alta, Ijuí, Passo Fundo, Caxias do Sul e cidades próximas.

🌦️🌥️ Em municípios do Sul do RS e Fronteira com o Uruguai, a chuva deverá ser fraca e irregular, embora em alguns pontos possa ser forte e acompanhada de alguma trovoada de forma passageira. Nessas regiões, a chance de chuva fica restrita ao período da noite de hoje e próxima madrugada, com o tempo apresentando melhoria e sol aparecendo entre nuvens ao longo deste sábado. ⚠️ Nas demais regiões, anteriormente citadas, há condição para chuva com trovoadas e não pode-se descartar a possibilidade de temporais com ventos mais fortes (> 70 km/h) e eventual precipitação de granizo em pontos isolados. Não choverá de forma ininterrupta e o tempo pode apresentar condições de melhoria em algumas áreas, especialmente durante a tarde de sábado. Em Santa Catarina, ao longo do sábado, há condição para pancadas fortes de chuva e temporais com granizo e vento forte (> 70 km/h) em pontos isolados de qualquer regiões do estado.

⚠️ ⚡ Na noite de sábado e principalmente na madrugada/manhã de domingo (12), a intensificação do fluxo de ar quente e umidade em baixos níveis da atmosfera (850 hPa) associados com a passagem do sistema de baixa pressão pelo norte do estado e que deve impulsionar ao longo do dia o avanço da frente fria, dentre outros fatores (em níveis mais elevados da atmosfera), devem contribuir para o desenvolvimento de nuvens de tormenta sobre municípios do centro, noroeste, norte e nordeste do estado, incluindo (por exemplo) as regiões de Santa Maria, Santa Rosa, Cruz Alta, Ijuí, Porto Alegre, Rio Pardo, Passo Fundo e Caxias do Sul, que devem provocar chuva localmente forte e volumosa acompanhada de trovoadas, com eventual precipitação de granizo e rajadas fortes de vento ( > 70 km/h) em alguns pontos dessas regiões.

🌦️ ➡️ No RS, em municípios do centro/sul do estado, incluindo as áreas mais a norte da Serra do Sudeste e a Costa Doce, há chance de pancadas de chuvas fortes e temporais isolados durante a madrugada do domingo. Em áreas da Fronteira com o Uruguai e extremo Sul, existe apenas a possibilidade de chuvas fracas e passageiras no período da madrugada, com melhoria nas condições do tempo (sol aparece entre nuvens) já no período da manhã e principalmente ao longo da tarde de domingo. Em Santa Catarina, ao longo do dia, há condição para pancadas isoladas de chuva com chance de temporais.

🥶 🌡️ Entre o período da tarde e noite do domingo, o avanço do sistema de baixa pressão para o oceano, deve impulsionar o avanço da frente fria com características mais marítimas para norte/nordeste (SC, PR e pelo Oceano Atlântico) e na retaguarda, o ingresso de uma nova massa de ar de origem polar (muito seca e fria) deve trazer condições de melhoria para o restante do estado (centro/norte) e queda acentuada das temperaturas no Uruguai e RS (especialmente em áreas da Fronteira com o Uruguai, Metade Sul, região central e nordeste do RS, incluindo a Capital e a Serra, além da Serra Catarinense.

⚠️ 😱 🥶 A jornada entre a próxima segunda e quinta-feira (16), promete ser de muito frio entre o Uruguai, RS e parte de SC, com potencial para um intenso resfriamento e registro das menores temperaturas deste ano, com formação de geada “branca” de forma generalizada e inclusive favoráveis a formação da geada “negra” (geada que ocorre sob temperaturas abaixo de zero e com a presença de ventos) e que são muito nocivas a algumas culturas (acompanhe nossas atualizações). Ao longo da segunda metade da próxima semana, é aguardada elevação gradual das temperaturas e até sensação de calor a tarde, especialmente no próximo final de semana (requer atualização).

⏭️ ⚠️ Este cenário de chuvas expressivas no RS num cenário em que os rios já estão cheios é muito preocupante, por isso, se você mora em áreas de risco, procure se informar/entrar em contato com a Defesa Civil local/regional ou o Corpo de Bombeiros (193). O mapa a seguir (do modelo global alemão ICON) mostra a projeção de chuvas (acumulada em mm) até a próxima segunda-feira, com potencial para acumulados entre 40 e 80 mm (pontualmente maiores) em algumas áreas do centro/norte do RS.

Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido