You dont have javascript enabled! Please enable it!

Notícias

Governo não aceita recurso e mantém a Serra Gaúcha na bandeira vermelha

O Governador Eduardo Leite divulgou na tarde desta segunda-feira (13) o mapa definitivo da décima rodada do Modelo do Distanciamento Controlado. Após a análise dos recursos recebidos o Governo do Estado mantém a Serra Gaúcha na bandeira vermelha.

A região segue agravada pelos dois indicadores de Incidência de Novos Casos sobre a População, pela Capacidade de Atendimento da macrorregião e, assim como as demais regiões Covid-19, pelo impacto da bandeira preta no indicador de Capacidade de Atendimento e de bandeira vermelha no indicador de Mudança da Capacidade de Atendimento mensurada pelo Estado como um todo.

O indicador de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos sete dias permaneceu praticamente estável, passando de 83 na semana anterior para 82 na atual. Porém, mesmo que o avanço da doença tenha reduzido na velocidade, os valores permanecem crescentes, com o número de internados por SRAG em UTI (de 78 para 90), o número de internados em leitos clínicos Covid-19 (de 59 para 67) e de internados em leitos de UTI Covid-19 (de 59 para 69) crescendo.
Indicadores de incidência de novos casos sobre a população – “Hospitalizações confirmadas para Covid-19 em relação à população” e “Projeção de óbitos em relação à população” – mantiveram situação de maior risco: bandeira preta em ambos, mesmo com a pequena redução nos valores do indicador.

Por fim, o indicador de leitos de UTI livres dividido pelo de leitos de UTI ocupados por pacientes Covid-19, mensurado para a macrorregião, atingiu situação de bandeira preta (com 1,23 leitos de UTI adulto livre para cada leito de UTI adulto ocupado por Covid-19 na região). Esse indicador sinaliza para um aumento na ocupação de leitos de UTI por pacientes Covid-19, já que a região manteve o número de leitos de UTI livres no último dia praticamente estável entre as duas semanas (de 84 para 85).

O Decreto 55.322 permite que municípios sob bandeira vermelha sem registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de algum morador nos últimos 14 dias e que mantenham rigorosamente atualizados os registros nos sistemas oficiais poderão adotar, por meio de regulamento próprio, protocolos para as atividades previstas na bandeira laranja. Veranópolis não encaixa-se neste critério.

A nova classificação das bandeiras entrará em vigor na próxima terça-feira (14).

Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido