Notícias

Prefeito de Veranópolis fala sobre a situação econômica do município: “a gente gostaria de poder ajudar mais”

Nesta sexta-feira (29), o Prefeito de Veranópolis, Waldemar de Carli, atualizou informações sobre o Coronavírus no município, em entrevista à Studio.

Na oportunidade, o Prefeito afirmou que a queda na economia é grande, porém, ainda não tem como mensurar efetivamente, isto porque, cerca de dois a três meses mais são necessários para observar como a situação vai desencadear. Cerca de 5% a 6% de queda do PIB esta sendo cotada para este ano, no país.

Entretanto, uma questão que demonstra que a economia do município é fortalecida, afirmou Waldemar, é que em Veranópolis 1300 pessoas receberam auxílio emergencial, o que injetou na economia 897 mil reais. Além disso, há outros projetos como bolsa família que não são contabilizados neste valor. Segundo o superintendente da Caixa Federal, em conversa com o Chefe do Executivo, uma das cidades que menos buscou o auxílio foi Veranópolis, demostrando que “há pouca gente que vive na informalidade”, completou o De Carli.

Quando indagado sobre o papel do Poder Público neste contexto de crise, Waldemar disse que o poder em âmbito municipal é muito restrito, não possui a liberdade para desenvolver algumas medidas que poderiam auxiliar, “a gente gostaria de poder ajudar mais” concluiu.

Algumas medidas de auxílio para produtores rurais estão sendo feitas, com máquinas e outros apoios possíveis. Em contrapartida, alguns estagiários, os quais contabilizam 80 no município, principalmente na área da educação, ficaram cerca de dois meses recebendo seus salários, porém, agora não irão receber mais, pois, os contratos terão que ser suspensos. Sobre isso, afirmou que serão mais 68 pessoas sem emprego. Este cenário, afirmou, ocorre por indisponibilidade financeira e limites legais.

Confira a entrevista completa

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios