Notícias

Neste Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes saiba como denunciar estes casos

Nesta segunda-feira (18), a Secretária de Desenvolvimento Social, Habitação e Longevidade, Fabiane Parise e a Coordenadora do CREAS, Marcela Guindani falaram sobre o dia nacional de combate à exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes, em entrevista à Studio.

A Coordenadora explicou, na oportunidade, sobre o trabalho desenvolvido pelo CREAS, o qual atende vítimas de violências e negligências, inclusive os agressores, que passam por um acompanhamento psicossocial. Diversas transformações ocorrem, afirmou Marcela, na vida das pessoas que passam pelo trabalho desenvolvido pelas seis pessoas que trabalham na equipe.

Sobre a campanha feita em relação ao dia nacional de combate à exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes, afirmou que todos anos alguma atividade é realizada. Ano passado foi realizada uma panfletagem no semáforo. Em 2020, por conta da COVID-19, os projetos de conscientização serão à distância, por meio de vídeos que serão divulgados durante a semana e conversa nos veículos de comunicação do município. Sobre isso, a Secretária reforçou a importância de falar sobre o assunto para que as pessoas denunciem e tenham consciência sobre a gravidade.

A diferença entre abuso e exploração sexual é que, o primeiro diz respeito a quando o agressor busca satisfação sexual com uma criança ou adolescente. Já a exploração é o ganho material com os serviços feitos por estes menores. A Coordenadora afirmou que é uma violência muito comum, infelizmente, cerca de 80% dos casos são feitos por familiares. Esta é uma violência que atinge todas as faixas etárias e classes sociais, demonstrando sua grande incidência na sociedade.

Sobre isso, Marcela reforçou a importância da educação sexual, para que as crianças saibam quem pode ou não tocar em seu corpo, saber os limites do que é certo e errado, o que caracteriza-se o abuso, para que estes menores saibam defender-se. Este trabalho de educação é realizado, também, pelo CREAS.

Para aqueles que precisam de auxílio, o CREAS fica localizado na Avenida José Montaury, 960 e o telefone é o 3441-6200. Os principais canais de denúncia são pelo disque 100, em que a ligação é anônima ou do contato com a delegacia para realizar o boletim de ocorrência, caso haja algo acontecendo.

Em recado final, a Coordenadora reforçou a importância de toda criança ou adolescente, que não está se sentindo confortável com alguma situação feita por algum adulto, conte para alguém de confiança ou até para os professores.

Confira a entrevista completa

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios