Notícias

Diretoras das escolas privadas de Veranópolis falam sobre medidas para o retorno das aulas

Nesta terça-feira (26), a diretora da AVAEC Unidades Educacionais, Cleciane Moro e a diretora do Colégio Regina Coeli, Alinne Boito, realizaram esclarecimentos sobre a situação das escolas privadas de Veranópolis, em entrevista à Studio.

As aulas à distância

Em ambas as escolas as aulas estão suspensas desde o dia 19 de abril. A partir desta paralisação os educandários começaram a se reinventar, enviando conteúdos, fazendo aulas síncronas e demais atividades que são necessárias neste momento.

Neste cenário atípico diversas dificuldades foram intituladas pelas diretoras, entre elas, encontrar o equilíbrio entre realizar as atividades enviadas e que os alunos aprendam, situação que necessita de uma grande reinvenção e experimentação. O cuidado com as emoções, situação delicada neste momento, está sendo muito observada por ambas instituições.

Como retornar?

Na reunião da última semana, que foi composta por representantes das escolas municipais, privadas e Poder Público, ocorreu a criação do Comitê de Educação para que estratégias para a volta às aulas seja feita de forma segura e conjunta. Perante as decisões, escolas públicas e privadas retornarão na mesma data e, as medidas de segurança e prevenção, também serão pensadas de forma única. Um novo encontro ocorrerá na próxima quinta-feira (28), às 14h, no salão da AVAEC.

Ambas diretoras reiteraram a importância de que a volta deve ser segura, por isso a necessidade de serem pensadas as maneiras corretas, em conjunto, para que todos possam retornar de forma convicta.

O planejamento até o momento é que as aulas voltem no mês de julho, porém, nada é certo, afirmaram. Junho, por conta disso, será um mês de muito planejamento para este retorno seguro.

Uma realidade que está muito presente é o medo dos pais de mandar as crianças novamente para a escola, porém, os alunos precisam cumprir uma porcentagem de presença. Perante a isso, lembraram que vai ser uma questão, também, a ser estudada e planejada.

Recado final das representantes das escolas privadas

Alinne Boito afirmou que a escola está fazendo sua parte e tentando ao máximo se reinventar. “Esperamos voltarmos juntos e juntos todos muito bem”, finalizou.

Cleciane Moro também deixou seu recado, desejando que todos os alunos estejam bem e que possam permanecer bem. “Se cada um fizer a sua parte, todos nós estivermos juntos buscando o melhor e pensando no coletivo, certamente nós conseguiremos enfrentar mais esta situação e sair dela com muitas aprendizagens”, finalizou.

Confira a entrevista completa

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios