You dont have javascript enabled! Please enable it!

Notícias

Prefeitura de Veranópolis está providenciando máscaras de tecido para serem distribuídas às pessoas dos grupos de risco da cidade

Nesta terça-feira (07), o Prefeito de Veranópolis, Waldemar de Carli, a Secretária de Saúde, Vanessa Calioni e o médico Piero Motta Bonfada, fizeram um pronunciamento, detalhando o fato da Prefeitura de Veranópolis, através da Secretaria da Saúde, estar providenciando a confecção de 10 mil máscaras de tecido para serem distribuídas às pessoas dos grupos de risco no município.

O Chefe do Executivo falou sobre a forte recomendação de uso da máscara pelos órgãos de saúde do mundo e do Brasil, demonstrando a grande relevância de utilizá-la. A maior dúvida, afirmou Waldemar, era sobre o material correto. O município optou pela máscara de pano, que segundo especialistas, é recomendada. Por conta disso, reiterou o prefeito, “vamos incentivar o uso de máscaras, principalmente para os nossos pacientes de risco e aquelas pessoas que tem que se locomover pela cidade” e finalizou, “não vamos obrigar ninguém a usar, nosso objetivo é incentivar e mostrar que pode sim auxiliar a nossa comunidade […] nós gostaríamos que todos usassem”.

A Secretária da Saúde, Vanessa Calioni, reforçou as palavras do prefeito. Atestou que neste primeiro momento serão confeccionadas 10 mil máscaras e que nos próximos dias estará sendo realizada a divulgação do fluxo de distribuição. Além disso, afirmou que não deve ser compartilhado o objeto e no primeiro momento, os idosos acima dos 60 anos e pacientes com comorbidades, serão contemplados com duas máscaras.

O médico Piero Motta Bonfada, da mesma forma que os demais, afirmou a grande eficácia e importância da máscara em combate ao Covid-19. Sobre isso, afirmou que “como qualquer arma ela pode apontar para os dois lados e alguns cuidados básicos são necessários, para que ela não se torne um fator complicador ao invés de nos prevenir”. Em relação a este aspecto, demonstrou a forma correta de usá-la, reforçando a relevância de não permanecer mexendo na proteção, após colocá-la no rosto. Informou, assim como a Vanessa, de que é um artefato individual. A lavagem correta, segundo ele, deve ser feita com água e sabão ou deixar de molho na água sanitária por 20 minutos.

Para finalizar, a Secretária de Saúde pediu que a comunidade colabore com as indicações, pois, segundo ela, “a administração está extremamente empenhada em implementar algumas atividades em prol da saúde dos nossos munícipes”; e finalizou, “contamos com a colaboração de todos vocês”.

Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido