You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral

Toda a diretoria do Inmetro é demitida por Bolsonaro devido a tacógrafos e taxímetros

Foi anunciada nesse sábado (22), pelo presidente Jair Bolsonaro, a demissão de toda a diretoria do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

O motivo da demissão por parte do presidente teria sido por causa da Portaria N°338, de 20 de Agosto de 2019, que prevê uma nova regra para padronização dos sensores de velocidade utilizados em taxímetros:

“Art. 1º Os taxímetros instalados em automóveis-taxi devem utilizar sensores (transdutores) próprios, com o uso de cinta magnética fixada ao eixo dianteiro do veículo e ligações por meio de módulo de inspeção.”

Com isso, quase todos os taxistas seriam obrigado a ter que trocar o equipamento pelo novo modelo -que pode chegar a custar até R$1500.

“Implodi o Inmetro. Implodi. Mandei todo mundo embora. Por quê? Há poucos meses assinaram portaria para trocar tacógrafos. Em vez de ser o normal que está aí, inventaram um digital. Ele é aferido de dois em dois anos. Passaram para um. Mandei acabar com isso aí”.

“Não temos que atrapalhar a vida dos outros. É facilitar a vida de quem produz. Os novos taxímetros, faça diferente. Os novos tacógrafos, tudo bem. Agora, tirar do pessoal, trocar, não. Então, o que eu tenho que fazer? Implodir.”, declarou o presidente.

Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

17 Comentários

Clique aqui para fazer um comentário

error: Este conteúdo é protegido