You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral Policial

Homem perde R$ 15 mil em suposto site de leilões em Caxias do Sul

Segundo a Rádio Caxias, um homem procurou a Polícia Civil de Caxias do Sul nesta segunda-feira (09) para denunciar um estelionato. A vítima comunicou a polícia que acessou um site, que pensou ser site oficial de leilões, e arrematou dois bens.

Neste site há informações de telefone e endereço de onde estariam os bens, e outras informações corriqueiras de uma página deste tipo. A vítima efetuou um cadastro com os dados e encaminhou documentos. Na sequência, arrematou dois bens, com um depósito inicial de R$ 15,7 mil.

O comprador ligou para o número informado, que era de um endereço no bairro Marechal Floriano, mas começou a desconfiar da pessoa que atendeu, pelo jeito que ela falava pelo telefone, pois ela cometia muitos erros e não dava indícios de que fosse alguém ligado à área de leilões.

Após verificação, a vítima viu que site semelhante continha reclamações em outros estados. Durante a ligação já foram solicitados novos depósitos para conseguir os bens, e aí a vítima viu que se tratava de um golpe. O homem fez somente um depósito, e disse que ainda está falando com os autores do fato, que solicitam novos pagamentos. O caso será investigado pela Polícia Civil.

ATENÇÃO! Quer continuar receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte do novo grupo. Os grupos antigos deixaram de funcionar devido a uma atualização do WhatsApp.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

1 Comentário

Clique aqui para fazer um comentário

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta

  • Já sofri esse golpe também, até hoje a polícia civil não investigou nada e muito menos me informou ou aceitou atualizações sobre o meu caso. Eles próprios me disseram que esse tipo de caso é deixado de lado. Por isso que esse crime só cresce.

error: Este conteúdo é protegido