You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Resenhas Studio Sports

Pontos perdidos – Corinthians 0x0 Internacional (Campeonato Brasileiro – 33ª Rodada)

Em jogo contra um concorrente direto visando a vaga para a Copa Libertadores do ano que vem, o Inter foi à São Paulo enfrentar o Corinthians, neste domingo (17).

Dois times que caíram muito de produção e que tem dificuldades de marcar gols, pela postura que adotam durante a temporada. Era de se esperar um empate sem gols.

O primeiro tempo foi de domínio vermelho, com a equipe trabalhando bem a bola e oferecendo perigo ao gol de Cássio, mas sem estufar as redes.

Com as trocas na segunda etapa, o Corinthians melhorou e teve algumas chances, mas o placar ficou mesmo fechado. Empate justo, mas com o pensamento de que dava pra ter caprichado um pouco mais e ter voltado com os três pontos.

O Inter está sofrendo para fazer gols, mas tem uma zaga muito boa que evita as derrotas. Cuesta e Moledo formam uma das melhores zagas do país. Pottker divide opiniões da torcida. Sobra em vontade, mas peca na tomada de decisão. Por incrível que pareça, quando ele saiu, o time não criou mais nada.

Agora temos mais cinco jogos – três deles em casa – para encaminhar e definir a vaga para jogar a Libertadores em 2020.

Que Coudet venha e ajeite a parte ofensiva da equipe. Tá faltando bola na rede!

NOTAS:

Marcelo Lomba – Uma defesa salvadora em chute de Boselli, que o árbitro nem viu e deu tiro de meta – 8,0

Heitor – Muita disposição, mas falta caprichar um pouco nos cruzamentos – 6,0

Moledo – Muito seguro, ganhou a maioria das disputas – 7,0

Cuesta – Joga fácil, muito eficiente nos desarmes – 7,0

Uendel – Fez uma partida um pouco acima do que estamos acostumados a ver. Mas é pouco – 5,5

Rodrigo Lindoso – Bem na marcação e nos passes. Caiu de produção na segunda etapa, assim como todo o time – 6,0

Edenilson – Correu muito. Lembrou um pouco o Edenilson do primeiro semestre – 7,0

Patrick – Muita disposição e pouca eficiência – 6,0

D’Alessandro – Não tem a mesma energia. Tenta, mas muitas vezes não consegue concluir as jogadas – 6,0

Pottker – Foi o mais acionado no ataque. Se esforça muito, mas peca na hora de definir as jogadas. Sem ele, o ataque morreu – 7,0

Rafael Sóbis – Esforçado e bom nas bolas paradas – 6,0

Nico López – Tá com a cabeça na barbearia, na noite e no México – 4,0

Guerrero – Não tem quem sirva ele. Novamente foi só balão pra ele se virar – 5,0

Nonato – Entrou no fim – sem nota

Zé Ricardo – Até nem foi tão mal, mas é fraco – 5,0

Paulinho Guzzo

Imagens Sport Club Internacional, divulgação.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido