You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Resenhas Studio Sports

Nos deixaram vivos – Atlhetico-PR 1×0 Internacional (Copa do Brasil – Final – ida)

Passada a raiva da noite anterior, agora dá para escrever de maneira mais adequada.

Pra quem assistiu o jogo desta quarta-feira (11), Inter tomou uma roda jamais vista, pra quem ouviu o jogo, o Inter jogou muito!

Prefiro acreditar no que eu vi, infelizmente!!

O jogo em si, foi de um volume muito alto pelo lado paranaense, realmente usaram o termo final como deve ser, com disposição e entrega, e o nosso querido Colorado não se encontrava dentro das quatro linhas. Senti pena da dupla de zaga e do Lindoso, incrível como era fácil o Atlético trocar três ou quatro passes entre nossas linhas de defesa e criar uma chance de finalizar.

Patrick não marcou e errou todos lances; Edenilson não estava em boa noite; D’Ale teve muitas dificuldades com Márcio Azevedo, e se eu for citar mais coisas que aconteceram de errado no Inter ontem, me bate a depressão…

Taticamente o Odair brincou com a sorte e teve muita, porque na minha visão, deixamos de tomar mais.

Meio de campo não conseguiu encaixar a marcação e tampouco ter transição rápida, achou duas ou três ligações diretas pro Nico López ou aqueles tijolos que o Guerrero colocava no chão e tentava algo.

Muito a melhorar pra semana que vem, confio na vitória colorada e também no título, mas ao natural não vem. Tem que ter mudança de ânimo e render mais dentro das quatro linhas em relação a noite desta quarta.

Precisamos jogar a final com ânimo de decisão, senão complica!

NOTAS:

Marcelo Lomba – Nada pôde fazer no gol e ainda fez defesas importantes – 8,0

Bruno – Sofreu 10% menos que Uendel pra marcar, mas teve dificuldades – 5,0

Moledo – Teve que correr o tempo inteiro pra rebater e afastar a bola do perigo – 7,5

Cuesta – Idem ao Moledo – 7,5

Uendel – Infelizmente o lado dele da defesa foi o parquinho dos paranaenses – 4,5

Lindoso – Sobrecarregado, não conseguiu ser efetivo nos desarmes porque tava sozinho pra marcar – 6,5

Edenilson – Muito bem marcado, não tinha espaço pra fazer o que gosta, acelerar o jogo e chegar de surpresa ao ataque – 6,0

Patrick – Só errou o que tentou – 3,0

D’Alessandro – Teve que correr atrás do Azevedo o jogo todo. Parte ofensiva foi prejudicada – 6,0

Nico López – Sem intensidade, podia ter achado o gol em uma finalização, mas só – 5,0

Guerrero – Dominou pedregulho no peito por mais de 90 minutos – 6,5

Wellington Silva – Entrou bem, deu ânimo e deixou o time vertical – 6,5

Nonato – Podia ter entrado antes, até mesmo sair jogando na do Patrick – 6,0

Rafael Sóbis – Podia ter entrado antes também, bola parada era única alternativa – 5,5

Odair Hellmann – Confiou demais no taco ou não conseguiu encaixar o meio-campo, mas vai ajeitar a casinha pra semana que vem – 5,0

Nata Frainer

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Agenda | Próximos Eventos

  1. Fenachamp 2019

    3 outubro | 08:00 - 27 outubro | 17:00
  2. XXIV Baile de Casais | Caravággio Vila Flores

    19 outubro | 22:30

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido