Geral

PRF e BM apreendem carreta com mais de 350 mil maços de cigarro em Seberi

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, com apoio do Batalhão Fazendário da Brigada Militar, mais de 350 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai por volta das 23h30 desta quarta-feira, 14, na BR 386, em Seberi.

A equipe da PRF realizava operação de enfrentamento a crimes transfronteiriços quando recebeu uma informação do setor de inteligência de que uma carreta suspeita estava deslocando de Santa Catarina e ingressaria no Rio Grande do Sul pela BR 386 – a PRF solicitou apoio para a BM.

Os policiais localizaram a carreta transitando pela rodovia e montaram uma barreira na Unidade Operacional em Seberi, onde o veículo foi abordado.

A carreta Scania T112, com placas de Marmeleiro/PR, era conduzida por um homem de 28 anos. Ao verificar a carga, os agentes constataram que o veículo estava completamente carregado com cigarros contrabandeados do Paraguai.

Estima-se que a carga contrabandeada seja superior a 350 mil maços, cujo valor é de mais de 1,7 milhão de reais, conforme avaliação da Receita Federal.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para registro da ocorrência na Polícia Federal em Santo Ângelo.

Essa foi a terceira ocorrência na mesma operação de combate à criminalidade realizada pela PRF na região nessa quarta-feira. À tarde, os policiais haviam apreendido 97 quilos de maconha, recuperado um veículo roubado e prendido 5 pessoas por tráfico em Passo Fundo. No início da noite, duas pessoas foram presas por porte ilegal de arma em Sarandi.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios