You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Geral

Menino de dois anos morre após ser atacado por cachorro no quintal de casa no Paraná

Imagem ilustrativa. Foto: Pixabay

Um menino, de apenas dois anos, morreu após ser atacado por um cachorro no quintal de casa no Pilarzinho, em Curitiba, na noite dessa segunda-feira (17). Segundo informações de testemunhas, o pai chegou a levar a criança até a Unidade de Saúde do Boa Vista, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Já na US, familiares da mãe da criança, revoltados, agrediram o homem. O casal, de acordo com a delegada da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Camila Ceconello, estava separado há cerca de 30 dias. A Guarda Municipal foi chamada e conseguiu conter a confusão.

Segundo informações preliminares coletadas pela delegada, o pai estava no banho no momento do incidente, e acabou não escutando o cachorro ou o menino. “Ele diz que não escutou, que estava no banho, de porta fechada. Ele tinha deixado o garoto brincando no sofá da sala e depois que saiu, deu por falta do menino e foi encontrar ele no quintal só depois do ocorrido”, destacou.

De acordo com o depoimento, o cão estava preso na coleira em um lugar que geralmente o menino não tinha acesso. Porém, a porta de trás da casa não tinha tranca, o que permitiu ao menino acessar o local onde o cachorro estava preso. “A criança abriu a porta sozinha, algo que nunca tinha feito antes. Ele não esperava que ela ia se aproximar do cachorro”, disse a delegada.

Vítima de mordidas na região do pescoço e da cabeça, o menino chegou a ser socorrido, mas acabou falecendo. A perícia analisou os fatos e o local onde aconteceu a tragédia, e a delegada espera o resultado para saber como seguir com o caso. “[O pai] pode vir a responder por homicídio culposo, se ficar caracterizada alguma negligência. Mas a pericia vai analisar. A porta não tinha tranca, não poderia ser trancada”, ressaltou Camila.

A mãe do menino também foi ouvida e, assim como todos os familiares, estava muito consternada. “É uma situação muito delicada, muito triste pra família. Está todos extremamente abalados”, concluiu a delegada.

Com informações do Portal Tribuna do Paraná.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

7 Comentários

Clique aqui para fazer um comentário

Agenda | Próximos Eventos

  1. 5º FestFlor Vila Flores

    21 novembro | 00:00 - 24 novembro | 00:00
  2. Borrachão do Sangue Frio

    30 novembro | 14:00 - 1 dezembro | 04:00

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido