Geral

Caminhoneiro de MT que se assumiu transsexual aos 66 anos diz que decidiu se aceitar: ‘Sempre me senti mulher no corpo errado’

Por meio da série “De Causo em Causo”, criada pela Wunderman, a intenção da Shell é investir no conteúdo e no poder das histórias para engajar o público. Nessa busca por impacto, o mais novo vídeo da plataforma narra a jornada real da caminhoneira trans Afrodite. “O que a marca quer mostrar é que ela enxerga o caminhoneiro respeitando todas as suas individualidades. A Shell sabe que, por trás dos volantes, há pessoas diferentes, com histórias diferentes. Contar uma história como essa é demostrar respeito à diversidade e prezar pela inclusão de todos”, explica Fernando Tomeu, diretor de criação da Wunderman.

Segundo o publicitário, o vídeo publicado nos canais digitais da marca mostra que é mais fácil enfrentar as distâncias quando você tem com quem contar. E aí entram as distâncias físicas, como as estradas do dia a dia, e as distâncias metafóricas, como o longo caminho até o fim dos preconceitos. Ele conta que, desde que a agência começou a trabalhar com a marca Shell Rimula, foi necessário mergulhar de cabeça no mundo dos caminhoneiros. “É um universo muito particular e, ao entender o público, vimos que ele é muito heterogêneo e que existem histórias fantásticas dentro dessa categoria que sempre foi tratada de forma homogênea”, analisa.

A marca conheceu a história da Afrodite no fim do ano passado, por meio de uma pesquisa em social media e em grupos de caminhoneiros. “A nova campanha de Shell Rimula representa uma ligação mais próxima com o seu público. O produto não só cuida do motor e do caminhão, como também entende que os caminhoneiros têm outras necessidades específicas e enfrentam fantásticas jornadas pessoais. Dessa forma, nosso objetivo também é mostrar uma ótica mais humana, trazendo um lado inusitado e desconhecido dos profissionais que vivem nas boleias”, diz Carla Salgueiro, gerente de marketing da Shell Lubrificantes.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios