You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Trânsito

Fim de semana das Mães teve oito mortes e 147 feridos no trânsito gaúcho

A Operação Viagem Segura contabilizou oito mortes e 147 pessoas feridas em acidentes, no fim de semana do Dia das Mães, em ruas e estradas de todo o Rio Grande do Sul. Em três dias, de sexta a domingo, foram fiscalizados 16.508 veículos, 394 deles recolhidos, com a expedição de 5.901 multas e a apreensão de 152 carteiras de habilitação irregulares.

Brigada Militar, Comando Rodoviário da BM e Polícia Rodoviária Federal registraram 169 acidentes. Foram sete ocorrências com morte (uma delas com dois óbitos) e 90 com lesões. Na operação do ano passado, dez pessoas morreram, mas esse número chegou a 16 com os óbitos ocorridos em hospitais, até 30 dias pós-acidente.

Foram realizados 2.341 testes com etilômetro, que resultaram na autuação de 51 condutores. Dessas, 17 situações foram enquadradas como crime de trânsito. Foram autuados, ainda, 96 motoristas que se recusaram a soprar o bafômetro. Todos devem ser penalizados com multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir, por um ano (além da retenção do veículo e do documento). Caso reincidam, em um ano, a multa dobra e é instaurado Processo de Cassação do Direito de Dirigir.

O fim de semana de dia das mães é uma das datas mais violentas do trânsito gaúcho. De acordo com o Detran, a análise estatística dos feriados e datas comemorativas de 2007 a 2018 mostra que esse período registra a pior média de mortes por dia (8,33), bem acima do índice geral das edições da Viagem Segura (6,41).

Com informações da Rádio Guaíba.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido