You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Policial

Draco de Caxias do Sul e Canoas prende um dos principais fornecedores de drogas sintéticas do estado

A Polícia Civil, por meio da DRACO de Caxias do Sul e DRACO de Canoas sob a coordenação dos Delegados Adriano Linhares e Tiago Lacerda, deflagrou na noite de ontem a *2 fase Operação Candy Shop*, cujo objetivo é coibir o tráfico de drogas sintéticas, como ecstasy e LSD, que resultou na prisão preventiva de um dos principais fornecedores de drogas sintéticas da Estado.

A prisão do fornecedor das drogas ocorreu na cidade de São Leopoldo, onde durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão expedido pela 4 vara criminal de Caxias do Sul, os policiais flagraram a quantia de *8400 comprimidos de ecstasy* na casa do indivíduo, avaliada aproximadamente em 420.000,00 reais.

O indivíduo, que já estava com prisão preventiva contra si, também foi preso em flagrante com a farta quantia de drogas.

Durante cinco meses de investigação, que iniciaram no ano de 2018, a Polícia Civil monitorou a compra e venda desses entorpecentes na região da Serra Gaúcha e constatou que diversos indivíduos associaram-se para a venda dos entorpecentes na região. Um dos alvos presos na 1 fase da operação figurava como líder do grupo. À companheira deste, cabia o gerenciamento contábil do grupo criminoso, vez que era a responsável pelo pagamento das drogas ao fornecedor, morador da região metropolitana, preso nesta fase policial. Os três abasteciam a região da Serra Gaúcha, sendo que as drogas eram revendidas para traficantes menores que as comercializavam em festas de música eletrônica.

Em maio de 2018, um dos alvos monitorados foi preso em flagrante pela Brigada Militar com 150 unidades de ecstasy, as quais havia recebido pelo setor de cargas da estação rodoviária de Caxias do Sul. Depois de alguns dias, já em liberdade, o investigado retomou a traficância. Em 2017, havia sido preso pela PRF.

No curso do monitoramento, policiais flagraram uma conversa entre dois dos investigados, na qual um deles menciona que faturou a quantia de R$ 72.000,00 (setenta e dois mil reais) no período de 11 dias com a venda das drogas, mostrando o quão lucrativa era a prática delituosa.

Na 1 fase da operação foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de prisão preventiva por associação para o tráfico, nas cidades de Caxias do Sul, Esteio, Vacaria, São Gabriel e Santa Maria.

Durante as buscas, os policiais localizaram e apreenderam entorpecentes com cinco dos dez alvos das prisões preventivas. Por essa razão, essas cinco pessoas também foram presas em flagrante por tráfico de entorpecentes.

O nome da Operação *Candy Shop*, traduzido para o Português, significa “Loja de Doce”. “Doce” e “Bala” são os nomes que os traficantes e usuários utilizam para se referir às drogas LSD e Ecstasy,.

*SALDO DA OPERAÇÃO CANDY SHOP*
– 12 mandados de busca e apreensão cumpridos;
– 11 presos preventivamente;
– 06 presos em flagrante;
– 8700 comprimidos de Ecstasy apreendidos;
– 1,4kg de maconha apreendido;
– 22 pontos de LSD apreendidos”
– 10 porções de cocaína prontas para a venda;
– porções de MDMA;
– diversas balanças de precisão;
– dinheiro;
– centenas de embalagens para acondicionar a droga;
– produtos de uso veterinário;
– diversas seringas e agulhas, entre outros objetos.

Informações e fotos DRACO.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Agenda | Próximos Eventos

  1. We Love Neon Edição Veranópolis | SOAL

    13 setembro | 23:30 - 14 setembro | 05:00

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido