You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Geral

Projeto “Viva o Taquari-Antas Vivo” recolhe mais de 300 quilos de resíduos nas margens do Rio das Antas

No dia 6 abril, foi realizada a 13ª edição do projeto “Viva o Taquari – Antas Vivo”. A ação visa a preservação e limpeza dos 26 km das margens do Rio das Antas e do reservatório da Usina Hidrelétrica 14 de Julho, além da entrega de folders para conscientização dos pescadores sobre a pesca predatória e preservação da mata ciliar. Representando o município de Cotiporã, o Secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio Douglas Penso e demais servidores da Prefeitura Municipal participaram do projeto juntamente aos funcionários da CERAN, agentes do Comando Ambiental da Brigada Militar (PATRAM) e equipes ambientais dos municípios de Bento Gonçalves e Veranópolis.

Ao todo, foram recolhidos mais de 300 quilos de resíduos sólidos, plásticos, pneus, metais, redes e armadilhas de pesca. O material foi separado e destinado para reciclagem.

O Secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio Douglas Penso ressalta que pelo terceiro ano de participação do município de Cotiporã, observa-se o aumento de resíduos nas margens do rio, principalmente sob a Ponte dos Arcos onde é feito o descarte incorreto de materiais. Devido a isso, é de extrema importância a realização do projeto, cuidado e preservação do meio ambiente.
O projeto “Viva o Taquari – Antas Vivo” é uma realização do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari‐Antas, em parceria com a CERAN, PATRAM e as prefeituras de Bento Gonçalves, Veranópolis e Cotiporã.

Informações e fotos Prefeitura de Cotiporã.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido