You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Política

Comitiva de Caixas do Sul vai a Curitiba manifestar apoio ao ex-presidente Lula

São Paulo - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante ato na Avenida Paulista contra o impeachment e a favor da democracia (Juca Varella/Agência Brasil)

Um grupo de cinquenta pessoas vai sair de Caxias do Sul, com destino a Curitiba, nesta sexta-feira (15). A comitiva vai manifestar solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso na capital paranaense, desde 07 de abril do ano passado, as informações são da Rádio Caxias de Caxias do Sul.

Conforme o coordenador da caravana, Gabriel Neves, a comitiva agregou militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) e simpatizantes do ex-presidente. Ele salienta ainda, que o objetivo do grupo é visitar a vigília que ocorre na Superintendência da Polícia Federal, onde Lula está detido. O coordenador entende que o petista está preso injustamente, pois havia interesse político na sentença, que resultou na prisão de Lula.

Essa é a segunda vez que uma comitiva caxiense vai a Curitiba manifestar apoio ao ex-presidente. Ainda há vagas no ônibus que vai transportar a delegação. O custo do translado é R$ 140,00. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 9 8408-3213. A caravana sai às 21h, na sexta, e retorna na madrugada de segunda-feira (18).

Lula foi preso pela Polícia Federal (PF). A determinação foi do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Em seu primeiro julgamento, o ex-presidente foi condenado a nove anos e seis meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex no Guarujá, em São Paulo.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

52 Comentários

Clique aqui para fazer um comentário

error: Este conteúdo é protegido