You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Resenhas Studio Sports

Não deixem o VEC cair! – VEC 1×1 Aimoré (Campeonato Gaúcho – 3ª Rodada)

O Veranópolis sempre foi o patinho feio do Campeonato Gaúcho. É inegável que o singelo clube da pequena cidade com pouco mais de 25 mil habitantes, estar na primeira divisão do futebol estadual é uma façanha. Cerca de 80 municípios são maiores que a Terra da Longevidade e, destes, mais da metade possui clubes que disputam competições profissionais. São apenas 27 anos de história, sendo 25 na elite, sem nunca ter sido rebaixado. Fato ainda mais impressionante se lembrarmos de que apenas a Dupla Gre-Nal e o Juventude (clubes com títulos nacionais) fazem parte do seleto grupo de “incaíveis” no Estadual.

O campeonato estadual é tão importante para o Veranópolis, que a equipe nunca disputou um campeonato nacional mesmo conseguindo a vaga (série D ou C, pois disputou a Copa do Brasil duas vezes). Foram diversos anos em que a vaga veio e o VEC preferiu abrir mão. Talvez esteja aí o segredo do sucesso, focando na equipe, sem gastos astronômicos e organizando a casa em apenas uma competição, porém, 2019 apresenta-se temerário a todos que queriam o bem do Pentacolor mais conhecido e um dos poucos existentes no mundo.

O jogo deste domingo (27) contra o Aimoré, era a chance de espantar a crise que se instala no grupo após os insucessos iniciais, porém, o gol de empate aos 39 da segunda etapa foi um baque para todos.

Eu poderia falar das lesões que assolam o elenco, do esquema tático, das atuações abaixo da média de alguns jogadores ou até de eventuais erros de arbitragem, mas eu quero pedir para jogadores, comissão técnica, direção e principalmente torcedores: NÃO DE DEIXEM O VEC CAIR!

O Campeonato Gaúcho em sua fórmula atual é tiro curto, são apenas dois pontos nas três primeiras rodadas, sendo que duas destas partidas foram em casa. A próxima rodada é contra o todo poderoso Internacional, que vem de resultados ruins, protestos da torcida e que buscará a todo custo pontuar contra o VEC, no ADF.

A semana será tensa… ou não!

NOTAS:

Reynaldo – Alguns sustos na primeira etapa e sem chance de defesa no gol adversário – 6

Vinícius Bovi – Talvez seja a melhor opção da posição – 7

Geninho – Sofreu na primeira etapa, melhorou assim como o time na segunda – 6

Pierre – Também sofreu na primeira etapa e foi infeliz no empate do Aimoré – 5

Jadson – Não foi tão bem quanto em outras jornadas – 6

Kaio – Melhor partida com a camisa pentacolor – 7

Fabrício – Passes açucarados e muita raça – 8

Taiberson – Machucou-se muito cedo – sem nota

Talles Cunha – Muito marcado, pouco produziu – 6

Juba – Muita marcação, pouca inspiração – 5

Patrick – Muito longe do ideal – 3

Túlio Renan – Boas arrancadas e grande movimentação – 8

Raphael Macena – Em seu primeiro toque na bola fez o gol que quase foi o da vitória – 8

Éverton Dias – Pouco tempo -sem nota

Sananduva – Grande profissional que faz o que pode, mas infelizmente o time ainda não encaixou – 6

Kid Sangali

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Agenda | Próximos Eventos

  1. We Love Neon Edição Veranópolis | SOAL

    13 setembro | 23:30 - 14 setembro | 05:00

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido