You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Resenhas Studio Sports

Empate amargo – Aimoré 1×1 Grêmio (Campeonato Gaúcho – 2ª Rodada)

Na noite de quarta-feira (23), o Grêmio, utilizando uma equipe reserva, enfrentou o Aimoré no estádio Cristo Rei, em São Leopoldo. O Tricolor veio com algumas alterações na parte ofensiva, em relação ao time que venceu de forma convincente o Novo Hamburgo, na estreia do Estadual.

A equipe de Portaluppi demonstrou novamente ímpeto ofensivo e grande entrega, apesar de estar em um estágio inicial de preparação física, que não foi suficiente para vencer o ferrolho armado pelo treinador Gélson Conte, após o gol marcado pelo Aimoré na parte final do primeiro tempo.

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio e poucas investidas de ambas as equipes. Porém, em mais uma grande jogada ofensiva, Juninho Capixaba marcou arrematando de “três dedos” e se consolida como um dos destaques do Grêmio nesse início de Gauchão e aumentando sua possibilidade de permanência no elenco para as próximas temporadas.

Também é necessário frisar a boa participação do atacante André, que apesar da sua queda de produção na segunda etapa, conseguiu uma boa finalização que acertou o travessão do experiente goleiro Marcelo Pitol.

Com o empate do Aimoré, em excelente cobrança de falta do lateral Gian, no final do primeiro tempo, a etapa complementar tornou-se em uma partida de ataque contra defesa, onde o Grêmio dominou praticamente todas as ações ofensivas e os mandantes defenderam-se, procuraram em algumas escapadas em escassos contra-ataques e conseguiram com sucesso assegurar o empate.

Em mais uma oportunidade é possível citar as boas participações dos “pratas da casa” Jean Pyerre e Matheus Henrique, que vão se consolidando na equipe titular e tornam-se boas opções para Renato Portaluppi, para uma temporada repleta de competições e aumenta a necessidade de um elenco numeroso.

Também é necessário salientar o retorno de Lincoln e a boa atuação do atacante Marinho, pois ambos tentam sua reabilitação no Grêmio e procuram recuperar sua credibilidade junto ao torcedor.

NOTAS:

Paulo Victor – Não teve culpa no gol do Aimoré, mérito do batedor – 6,0

Léo Gomes – Atuação apagada no aspecto ofensivo – 5,5

Paulo Miranda – Teve boa presença na bola aérea ofensiva – 6,5

Marcelo Oliveira – Atuação segura na defesa, não foi muito exigido – 6,0

Juninho Capixaba – Muito participativo e foi premiado com mais um gol – 8,0

Rômulo – Atuação discreta, preocupou-se em defender – 5,5

Matheus Henrique – Muito participativo, um pouco afobado em algumas jogadas – 6,5

Jean Pyerre – Bons passes e muita visão de jogo – 7,0

Vico – Muito apagado, não aproveitou sua chance – 5,0

Pepê – Muita movimentação e pouca inspiração – 6,0

André – Conseguiu uma boa finalização e foi participativo – 6,5

Marinho – Procurou o jogo e fez boas jogadas – 6,0

Thonny Anderson – Mais uma atuação pouco convincente – 4,5

Lincoln – Precisa de mais tempo, fez um bom cruzamento – 5,0

Renato Portaluppi – Promoveu alterações para tornar o time mais ofensivo e testou novas alternativas com as mudanças da escalação inicial – 7,0

Cassi Romildo Marin

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Agenda | Próximos Eventos

  1. Baile de Máscaras | Carnaval da SOAL

    2 março | 23:00 - 3 março | 23:00
  2. 8º Encontro de Carros Antigos e Aviões

    14 abril | 08:00

WhatsApp


error: Este conteúdo é protegido