Geral

Justiça determina interdição do Presídio Regional de Pelotas

A Justiça determinou a interdição parcial do Presídio Regional de Pelotas, na Região Sul do Rio Grande do Sul. Nenhum preso da região está sendo encaminhado para o local. Os detentos que estão nas delegacias permanecerão nos locais ou serão encaminhados para outras penitenciárias da região. A determinação judicial atinge as quatro grandes galerias, e vale até setembro deste ano.

De acordo com o juiz Régiz Vanzin, que pediu a interdição, a casa prisional apresenta uma taxa de ocupação de 297%, sendo que o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária recomenda que esse índice seja de até 137,5%.

Segundo a Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), atualmente, 1.050 presos vivem no local, que tem capacidade para 400. Uma das medidas que o órgão tomou foi aumentar o número de detentos com tornozeleira eletrônica. Hoje são 50. A partir desta quarta-feira (13), a expectativa é de que mais 200 presos recebam o equipamento e não retornem à penitenciária.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Agenda | Próximos Eventos

  1. Somos todos São Luiz | SOAL

    23 junho | 23:30 - 24 junho | 05:00
  2. Mundo Rock Festival | SOAL

    14 julho | 23:30 - 15 julho | 05:00

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido