Policial

Grupo de Jipeiros encontra carro que teria sido usado em assalto a banco em Tapes

Veículo com placas clonadas é semelhante ao que aparece nas imagens do ataque ao Banrisul de Tapes, na última terça-feira (10), diz a Brigada (Foto: Divulgação/Brigada Militar)

Os participantes do Campeonato Gaúcho de Rally encontraram na noite de sábado (14) um carro abandonado durante uma prova, em Tapes, no Sul do estado, que a Brigada Militar acredita se tratar de veículo usado no ataque ao Banrisul do município, na última terça-feira (10).

O automóvel, um Kia Sportage, estava em uma área de plantação, na localidade de Camélias. No interior, policiais chamados ao local encontraram munições de calibres pesados, duas placas balísticas (usadas dentro de coletes à prova de balas), carregadores de pistolas, além de ferramentas. O tenente Luis Verissimo da Rosa, comandante do Batalhão de Tapes da Brigada Militar, explica que o calibre da munição encontrada coincide com o utilizado por quadrilhas que roubam bancos.

O comandante chama atenção ainda para duas chaves de fenda de tamanho grande, cerca de 1,6 metro cada uma, normalmente empregadas no arrombamento de caixas eletrônicos. “É bem parecido com o carro das imagens do dia do arrombamento”, diz o comandante.

Verissimo ainda explica que recentemente dois suspeitos de participar ao ataque a banco em outra cidade da região, Mariana Pimentel, foram presos. “Vai ser possível comparar as digitais encontradas no carro com a dos suspeitos”, sinaliza o comandante.

As placas do carro encontrado são clonadas. O automóvel foi encaminhado à perícia e ficará à disposição da Polícia Civil de Camaquã, que investiga o crime.

Como foi o ataque

A agência do Banrisul foi atacada na madrugada de terça-feira. De acordo com a Brigada Militar, os criminosos fugiram em um carro de cor escura após a ação. Parte do banco ficou danificada por explosivos empregados na ação.

Duas pessoas foram levadas como reféns, um morador que caminhava na rua e um vigilante da cidade. Eles foram obrigados a tirarem a camisa e ficar no meio da rua para impedir a aproximação da polícia. Depois, foram colocados no porta-malas de um dos carros usados na ação.

Os reféns foram liberados em seguida, sem ferimentos. Na fuga, houve confronto dos suspeitos com a Brigada Militar. O policial não se feriu, e não se sabe se algum criminoso foi atingido.

Com informações do Portal G1.


A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Agenda | Próximos Eventos

  1. Cachorro Grande | SOAL

    12 Maio | 23:30
  2. 8º Encontro de Carros Antigos e Aviões

    domingo, 14 Abril | 08:00

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido