Notícias Policial

Polícia descobre grupo de WhatsApp anti-blitz em Marau

Nesta segunda-feira, 09 de outubro, a Brigada Militar de Marau descobriu no município um grupo no aplicativo WhatsApp, que tinha como nome “anti-blits”. O grupo possuía 142 participantes, sendo que o objetivo era informar sobre blitz da Brigada Militar em Marau e na região, além de informar sobre as barreiras realizadas pelo policiamento rodoviário de Casca e Passo Fundo.

De acordo com informações, tudo começou com a postagem de um link de acesso ao grupo, em uma rede social, sendo um grupo de desapego no Facebook. Com a publicação do link, as pessoa puderam acessar o grupo apenas clicando no link e colocando seu número para ingressar. Um policial militar teve acesso ao link, entrou no grupo e descobriu a forma como as informações eram repassadas.

Este policial fez inúmeros prints das conversas e dos participantes, sendo que agora o caso será registrado e após será encaminhado ao Poder Judiciário. O administrador do grupo, bem como todos os participantes serão responsabilizados por atentado contra a segurança pública ou serviço de utilidade pública.

Com informações da Rádio Vang FM de Marau.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

12 Comentários

Clique aqui para fazer um comentário

Agenda | Próximos Eventos

  1. Casarão é rock | Biquini Hunters e Pokito Más

    21 outubro | 23:00
  2. Guri de Uruguaiana 2: A Missão

    11 novembro | 21:00
  3. Medi In Rock 2017

    17 novembro | 20:00 - 19 novembro | 06:00

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido